Final da PUTAÇA é domingo com direito a bloco de carnaval, samba e muito futebol

Entrega da taça no formato de um par de seios e as medalhas-mamilos serão após no Espaço 37.

camiseta jogue como uma garota puta peita


Está chegando ao fim o 2º Campeonato Feminino de Futsal Amador organizado pela PEITA, em parceria com o Coletivo Cássia, braço lésbico e bissexual do Grupo Dignidade. Domingo, 22 de setembro, é dia de etapa eliminatória e premiação. A PUTAÇA começa às 14h com apresentação da bloca feminista Ela Pode, Ela vai e às 15h começam os jogos das quartas, semifinal e final no Clube da Bola. A cerimônia de entrega da taça no formato dos seios da jogadora escolhida pelo time vencedor do ano passado e as medalhas-mamilos serão entregues a partir das 19h30 no Espaço 37.

Dos 12 times, oito se enfrentam, entre eles, o PUTA Time. Karina Gallon, proprietária da marca-protesto e capitã do time diz que o evento tem a surpreendido desde o seu lançamento, em agosto. “As inscrições esgotaram em menos de sete dias. Muitos times ficaram de fora e estamos cogitando um campeonato mais longo para o próximo ano.”, comenta ela. O torneio foi dividido em três etapas, sendo as duas primeiras classificatórias e a última, eliminatória.

puta peita final campeonato futsal
“Nossa proposta é estimular a autocrítica das meninas dentro e fora de quadra para a desconstrução de comportamentos machistas que reproduzimos no futebol. A competitividade é importante e a rivalidade também, mas não mais importante do que o fato de estarmos juntas, mulheres aliadas para ocupar o nosso espaço e visibilidade em uma modalidade que nos foi proibida por quase 40 anos”, ressalta e já adianta que a PEITA vai lançar um campeonato nacional, a Libertadoras. As inscrições começam em breve.

 

( • ) RESULTADO 2ª ETAPA


Veja como ficaram os resultados dos jogos do dia 8 de setembro:

puta peita final campeonato


‘A melhor parte disso é ver as mulheres brilhando dentro das quadras, jogando, apitando, produzindo. E a gente quer mais, não vamos parar em Curitiba. Já tem mulheres querendo produzir a Putaça nas suas cidades e a gente vai fazer o que for preciso pra isso acontecer”, finaliza Karina.

 

( • ) FESTA

Após os jogos, a confraternização e a entrega da premiação será no Espaço 37 com show do Grupo Serenas e discotecagem de Carmen Agulham. A entrada custa R$5.

 

( • ) PUTA + TAÇA = PUTAÇA

Assim como as demais ações da marca-protesto, o nome do campeonato já é uma provocação. “Em nossa sociedade, putas são as mulheres que ousam ser quem querem ser, que questionam, rompem com os estereótipos impostos e lutam por equidade em todas as estruturas sociais. Dividir mulheres entre santas e putas é uma das formas do patriarcado supremacista branco submeter mulheres às suas opressões e as manter dóceis e obedientes”, comenta Karina Gallon, idealizadora da PEITA.

A primeira edição da PUTAÇA aconteceu ano passado em Curitiba e reuniu cerca de 100 jogadoras, divididas em 11 times, mais o público que lotou a cancha para assistir aos jogos. Antes das partidas foram realizadas rodas de trocas entre as participantes para saber das dificuldades que enfrentam na prática.



A taça, um par de seios, e as medalhas, mamilos em cerâmica, são confeccionados pela artista plástica Julia Lana. Seu projeto “Retratos Rotos” reivindica a presença feminina através das tetas como objeto de estudo e de arte, recuperando o que em algum momento foi ‘desnaturalizado’ e objetificado. O time vencedor de 2018, o Helenão, escolheu a jogadora que foi molde para a taça deste ano.

Durante o primeiro evento foi lançada a frase “Jogue como uma garota”, que ganhou o Brasil em junho e julho, durante a Copa do Mundo 2019. “Mais que uma frase de efeito, é uma frase de enfrentamento. Cada pessoa que usa a frase na camiseta ou no meião, a ressignifica dentro do seu contexto de luta”, reforça Gallon.

 

( • ) PUTA PEITA

A Peita nasceu dia 8 de março de 2017 com a frase “Lute como uma garota” invadindo as ruas de Curitiba nas manifestações do Dia Internacional da Mulher - Marcha 8M. A marca-protesto cumpre com a missão de trazer os dizeres polêmicos do contexto das manifestações para o dia a dia, proporcionando a discussão sobre o movimento feminista antirracista. A PEITA é uma ferramenta de enfrentamento às opressões que proporciona diálogo e cada pessoa que usa, a ressignifica em seu contexto de luta.

Hoje a PEITA tem 30 frases, das quais 70% são parcerias com movimentos, instituições e projetos sociais, mulheres que estão na militância e/ou empresas que se comprometem com o combate às opressões. Nestes casos, o lucro ou parte da produção é doada para financiar causas.

 

( • ) SERVIÇO

FINAL 2ª PUTAÇA | Campeonato Feminino de Futsal Amador
Data: 22 de setembro, domingo.
Hora: jogos das 14h às 18h e premiação das 19h à 00h.
Local: Clube da Bola - R. Francisco Nunes, 110 - Rebouças.
Espaço 37 - Av. Vicente Machado, 770
Evento - https://www.facebook.com/events/2434639066752331/
Foto: Duda Dalzoto

( • )
peita.me
/putapeita
@putapeita

Deixe um comentário