Roger Water veste PEITA

Ex-baixista do Pink Floyd recebeu das mãos da Mônica Benício a camiseta com a frase Lute Como Marielle Franco.

Roger Waters Lute Como Marielle Franco


O título podia ser a chamada de um editorial de moda, mas o assunto não é tendência: é luta. Ontem (24) durante o show do Roger Water no Estádio Maracanã, a arquiteta, Mônica Benício pediu justiça por Marielle Franco, brutalmente assassinada no dia 14 de março de 2018, juntamente com Anderson Pedro Gomes. "Isso aqui é uma família, quer eles gostem ou não. Essa luta é nossa. Não há democracia enquanto o Estado não responder quem matou Marielle'", reinvidicou Mônica. Após a fala da militante, da Anille Franco e da Luyara Santos, o ex-baixista do Pink Floyd complementou a manifestação, em frente a 47 mil pessoas: "ela acreditava em direitos humanos, assim como eu".

A estampa que Roger Waters vestiu foi criada pela presidenta da PEITA, Karina Gallon no dia da morte de Marielle Franco. Inicialmente a arte foi disponibilizada apenas para lambes e ações de colagem foram realizadas em Curitiba e outras cidades do Brasil. O estilo all type, justificado para a esquerda, com a fonte característica e exclusiva já é conhecida das brasileiras. A ideia da camiseta veio para presentear a família e equipe do gabinete da vereadora.

Karina, acompanhada da diretora de fotografia Leticiah Futata e da psicóloga Larissa Tomass, conheceram a Mônica e a Anille Franco em maio deste ano, quando foram ao Rio de Janeiro para gravar a entrevista delas para o documentário “O que é lutar como uma garota”, ainda sem data para lançamento. O minidoc da Mônica foi lançado em junho e o da irmã da irmã de Marielle sai em novembro.

Para as interessados e interessados, a frase Lute Como Marielle Franco começará a ser comercializada em novembro. “As camisetas já chegaram, mas estamos fechando alguns pormenores com a Mônica e a Anielle", explica. Uma parte da produção será doada para a família dar continuidade ao trabalho da Marielle e o lucro do que for vendido através do site da PEITA, será usado em ações de empoderamento de meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade.

Sobre o show do Roger Waters a presidenta da PEITA reflete: “olha onde a nossa rede poderosa de luta, acolhimento e resistência nos levou? A revolução é feminista sim. Justiça por Marielle”.

Assista ao minidoc da Mônica Benício contando sobre como é lutar como uma garota: https://youtu.be/hvUXbspSLs8

Conheça a marca e os produtos da PEITA: www.peita.me .



Deixe um comentário