Baixe o punho e escreva palavras de luta e encorajamento para outra mana.

Quem nasceu antes da virada do século XXI, com certeza já trocou pelo menos uma cartinha na vida. Quando adolescente, então, enviou centenas e recebeu milhares. Os poucos minutos que tínhamos para conversar nos intervalos, recreio, chegada e saída da aula não eram suficientes para acalmar o turbilhão de sentimentos e pensamentos que passavam pela nossa cabeça adolescente. 


Escrevíamos uma carta para cada amiga. O conteúdo era sempre diferente. Desde sempre percebemos a diversidade das mulheres que nos cercam. Mais que uma narrativa dos nossos dias, essas cartas eram trocas de experiências, um exercício de empatia e amor pela outra. 


Pensando na revolução que a troca de cartas podem proporcionar em nossas vidas e sabendo que NÃO EXISTE LUTA SOZINHA, a PEITA vai interligar mulheres de diferentes regiões e faixas etárias do Brasil através de cartas escritas à mão.  


( • ) Como vai funcionar? 

Ao invés do punho cerrado com o braço erguido, faz um intervalo na luta e abaixa a mão sobre a folha de papel. Deposita em cada palavra que escrever todas as energias que deseja transmitir a quem irá receber. Sugerimos que conte um pouco sobre sua realidade, as lutas que travou em 2019 e os aprendizados que leva para 2020. Mas fica a seu critério decidir o que quer compartilhar. 

Assine sua carta com as informações que você quer que a outra pessoa tenha, por exemplo, conta do Instagram ou o endereço de e-mail ou só o nome e cidade onde mora ou todas elas. Se quiser manter sua identidade em sigilo, tudo bem também.


Envie sua carta para:


PEITA
Rua Itupava 810, fundos
Alto da Glória - Curitiba - PR
CEP: 80045-330


Nós encaminharemos suas palavras de poder junto com o pedido de alguma mana. Imagina que quentinho receber uma carta cheia de amor e luta.  <3  


Parafraseando Marielle Franco: “eu sou, porque nós somos”. 


( • ) 
peita.me
@putapeita
/putapeita

Deixe um comentário