CADÊ O MEU PEDIDO? Sobre os prazos de entrega da PEITA.

Você adquiriu a sua ferramenta de combate às opressões e está super ansiosa para que ela chegue? Super entendemos. A vontade de sair peitando o mundo e lutando pelos nossos direitos é muito intensa. bell hook já dizia que

“a militância é uma alternativa à loucura”.


Devido a pandemia, tivemos que alterar nossos prazos. A COVID-19 impactou toda a cadeia produtiva do setor têxtil, desde a colheita de algodão ao abastecimento de tecidos nas fábricas e lojas, logística, até os processos de corte, costura e estamparia que também estão com horário de funcionamento e cargas horárias reduzidas e (infelizmente) afastamento de pessoas da equipe por serem do grupo de risco e por terem contraído o novo coronavírus. 

Em Curitiba, a última quarentena aconteceu em julho e a cidade segue na bandeira laranja. Ou seja, lojas de rua fechadas durante quase todo o mês. Sem contar outros impasses causados como alta nos preços devido a falta de matéria-prima.

 

Prazos.

( - ) separação 

O nosso prazo para envio das peitas é de até 7 dias úteis, caso tenhamos a peita pronta-entrega, caso contrário, pedimos até 21 úteis. Geralmente é menos, mas é bom ter esse período de tempo - humano - em mente, devido às dificuldades citadas acima. 

Só reforçando que o prazo para envio começa a valer após a confirmação de pagamento. No caso de cartão de crédito, geralmente é na hora, mas o boleto pode levar até 72 horas para ser faturado. Você pode acompanhar a situação do seu pedido aqui no site
 

( - ) entrega

No caso das entregas realizadas aqui em Curitiba pela Bruna, nossa puta motogirl, você será informada que seu pedido foi retirado e o receberá em até 1 dia útil. Se sua PEITA vai pelos Correios, enviamos o código de rastreio por email para que possa acompanhar o trânsito até sua casa. Fique atenta ao funcionamento das agências do Correios em sua cidade. A pandemia também tem impactado o setor de entregas.

 

A Peita não é fast fashion.

Quem compra a PEITA sabe que não está está adquirindo apenas uma camiseta. Nossa intenção não é comercializar um produto em larga escala. Tudo aqui é feito manualmente, com muito carinho e amor pela luta. Nossa modelagem vai do PP ao G6 para acolher todos os corpos e foi desenvolvida com a Malu Jimenez, doutora em Estudos dos Corpos Gordos. O nosso algodão sustentável tem o selo BCI (Better Cotton Initiative), organização mundial que trabalha com gigantes da moda em busca de uma maneira de reduzir impactos ambientais e gerar uma cadeia têxtil sustentável na produção do algodão.

Mais do que vender blusinhas, queremos fomentar o debate sobre feminismos, interseccionalidade, decolonialidade, visibilidade LGBTI+. Queremos ver o patriarcado cair!

95% das pessoas envolvidas na PEITA são mulheres. Subvertemos a lógica do capitalismo, criado por homens, para manter homens no poder, quando garantimos que nosso dinheiro. circule e incentive as/os nossas. Compre de mulheres, compre das pequenas, não consuma produtos de fascistas.

Mais do que vender blusinhas, queremos fomentar o debate sobre feminismos, interseccionalidade, decolonialidade, visibilidade LGBTI+. Queremos ver o patriarcado cair!

 

( • ) 
peita.me
@putapeita
/putapeita

11 comentários

FTuLbPecxKYiJQ

JWIkocmd

BrGCRuxgdfmYcH

dwiaDFIc

CbSxNnMpJ

SGjrHIsWwOolne

AfzFnYTyHLCpK

tYBavPCXRi

LgjPCtqdFQ

ZOYnQwfemiyhzBP

Deixe um comentário